Ano letivo 2017/2018

A Bruxa feia e má...

Era uma vez, uma bruxa muito má e feia que vivia no País das Maldades.
Certa manhã, a bruxa sentia-se aborrecida porque não tinha nada para fazer. Até que surgiu-lhe uma ideia, pegou na vassoura e dirigiu-se para a cidade de Alcobaça, onde iria fazer muitos estragos.Quando chegou, primeiro pendurou uma pessoa num estendal, depois transformou as ovelhas da avó Beta em caracóis, os cães do Alexandre e da Bruna em sapos e alguns meninos em crocodilos, QUE GRANDE MALDADE!!!A meio da tarde, ainda com um sol abrasador, passou no seu belo tapete voador, o mágico Naruto. Ao ver aquelas maldades decidiu castigar a bruxa, mandando-a para uma escola de correcção, o Castelo das Fadas.
- Tá, tá, lá, lá, poufe!!! - e tudo voltou ao normal.
Passado alguns dias, no Castelo das Fadas, a bruxa já tinha aprendido a lição e só fazia boas acções.
Então a Rainha das Fadas chamada Rosana, decidiu dar um presente à bruxa, e perguntou-lhe:
- O que gostarias de receber, como prémio pelo teu bom comportamento?- Eu gostaria de ser bonita e boazinha e ter liberdade para fazer os outros felizes e arranjar muitos amigos. - respondeu a bruxa emocionada, com uma lágrima no canto do ollho.A fada ao ver a sinceridade da bruxa, decidiu realizar-lhe o desejo.E assim viveram todos felizes para sempre.
Plim, plim, plim a história chegou ao fim...
Lucas Beatriz D. André L. Rosana

Biodiversidade - Animais em extinção...

Pesquisa feita pelos alunos sobre alguns dos animais em extinção em Portugal:


Biodiversidade - animais em extinção em Portugal

O Coelho doméstico e o Coelho do campo...

Era uma vez um coelho doméstico, que vivia preso numa jaula. Ele sentia-se triste, porque queria conhecer o mundo e novos amigos.Certo dia, apareceu um coelho do campo, muito fofinho e de pêlo branquinho, olhou para a jaula e perguntou:
- Olá amiguinho, pareces triste, o quê que se passa?
- É verdade, estou triste, pois vivo aqui preso sem poder ser livre como tu, conhecer o mundo e fazer amigos. - respondeu o coelho doméstico com um ar infeliz.- Queres que eu te ajude a sair daí? - perguntou o coelho do campo, com a sua cabecinha já a imaginar uma grande aventura.- Claro que quero a tua ajuda, é o meu maior sonho poder sair desta jaula. - respondeu muito entusiasmado.
O coelho do campo lá foi tentar arranjar ajudantes para tirar o coelho doméstico da jaula, subiu montes, vales e até pontes. Quando os encontrou disse-lhes:
- Temos de salvar um animal da nossa espécie!
Todos concordaram e lá foram tirar o coelhinho da jaula. Felizmente conseguiram, deixando o coelhinho doméstico muito contente. Depois foram festejar, tornaram-se grandes amigos e viveram todos felizes para sempre.
Plim, plim, plim a história chegou ao fim...

Francisco Dias e Duarte Machado